Mendoza é uma cidade encantadora, lembro até hoje da primeira vez que me apaixonei por Mendoza, eu seguia rumo a Buenos Aires e no saguão do aeroporto vi inúmeros cartazes convidando para curtir o outono de cores em Mendoza e aquela cidade linda e colorida ficou na minha mente por bastante tempo, acabou que não curti o outono em Mendoza e sim uma linda primavera. 

Mendoza merece ser visitada em qualquer época do ano, o charme da cidade com suas vinícolas e seu clima desértico nos leva muito próximos a Cordilheira dos Andes.

* Plaza Independência no centro da cidade de Mendoza, Argentina. *

Dia 1

Por ser uma cidade plana, caminhar por Mendoza é tarefa fácil e nada cansativa, se prepare para se deparar com inúmeras praças em seus passeios. Minha primeira parada na cidade foi caminhar pelo centro comercial em torno da Avenida San Martín, lá estão as casas de câmbio, lojas de roupas, brinquedos, restaurantes, as lojas de chocolates (sensacionais). De lá conheci a Plaza Independência que merece ser visitada de dia e a noite, para ver o show das águas dançantes e o movimento de cidade do interior. Ainda na Plaza Independência conheça o Museu de Arte Moderna. Vale a pena conhecer também a Plaza Chile, Plaza Italia, Plaza España e a Plaza San Martín. Tire belas fotos no jardim da prefeitura e conheça também o Jardim das Rosas e termine o dia no Parque Central.

http://www.andancastrips.com* Parque Aconcágua no passeio da Alta Montanha, Mendoza, Argentina. *

Dia 2 

O segundo dia na cidade foi dedicado inteiramente ao passeio mais marcante e sensacional da cidade: o passeio da Alta Montanha onde chega-se ao Parque Aconcágua, um passeio único e emocionante.

* Os imponentes portões do Parque San Martin em Mendoza, Argentina. *

Dia 3

O terceiro dia em Mendoza começou no imenso Parque San Martín de lá o Cerro de La Gloria é parada obrigatória: um mirante que nos mostra toda a cidade com vista incrível para a Cordilheira dos Andes. A tarde conheci uma Fábrica de Azeites e depois uma bodega tradicional com cultivo e produção de vinhos artesanais. A segunda bodega visitada nessa tarde foi uma vinícola moderna e grandiosa com vista para a Cordilheira dos Andes. No fim da tarde, já de volta ao centro de Mendoza um passeio pelo Mercado Central.

Libriana. Paulista. Amo filmes antigos, músicas, TV, seriados, internet. Apaixonada por cosméticos e viajar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *