O Jardim Botânico é maior cartão postal da cidade de Curitiba, foi inaugurada em 1991. É um dos pontos mais visitados da cidade teve a sua criação inspirado nos jardins franceses.

A estufa, em estrutura metálica e vidro, abriga espécies botânicas da Floresta Atlântica que são referência nacional, além de uma fonte d’água. O Museu Botânico/Herbário, atrai pesquisadores de todo o mundo. O Jardim Botânico conta ainda com Salão de Exposições e Auditório para apresentação de trabalhos artísticos e científico alusivos ao meio ambiente.

* Por dentro do palácio de cristal com toda a sua riqueza de plantas. *

Jardim das Sensações

Inaugurado em dezembro de 2008, o Jardim das sensações é um espaço delimitado por cerca viva, onde os sentimentos do visitante são tentados, por meio do contato direto com plantas de diferentes formas, texturas e aromas. Através da cerca e do túnel vegetal é possível ver as cores da natureza, sentir com as mãos a textura, a forma e o tamanho das plantas, ouvir o som da cascata e do vento, sentir o perfume das flores e da vegetação. O percurso pode ser feito com os olhos vendados ou não. No dia da minha visita ao parque esse jardim estava fechado.

* A linda estufa do Jardim Botânico de Curitiba em dia nublado. *

Endereço:
Rua Eng°. Ostoja Roguski, s/n°. – Jardim Botânico.
Tel: (41) 3264-6994 (Administração) / 3362-1800 (Museu).

Horário:
Das 06h00 às 20h00: durante o horário de verão.
Das 06h00 às 19h30: durante o horário de inverno.

Ônibus:
Expressos Centenário/Campo Comprido e Centenário/Rui Barbosa. Descer ao lado do Botânico.
Linha Cabral/Portão. Linha Alcides Munhoz (ponto Al.Dr.Muricy).Descer em frente ao Jardim Botânico.

Libriana. Paulista. Amo filmes antigos, músicas, TV, seriados, internet. Apaixonada por cosméticos e viajar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *